Mais imigração, mais emoção: continua a descida à selva

by RNPD

Continuam os contributos diários das “etnias exóticas” para a nova sociedade portuguesa:

“Um grupo de etnia cigana (desconhece-se o seu número) disparou cinco tiros, a partir de uma viatura em andamento com uma pistola que se presume, ser de calibre 6.35mm, contra um grupo de indivíduos negros, tendo atingindo três deles, causando ferimentos ligeiros”, afirmou fonte da PSP, à agência Lusa.

Segundo a mesma fonte, “dois dos indivíduos feridos, com idades entre os 15 e os 18 anos, foram socorridos no local pelos bombeiros de Sacavém e um foi transportado para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa”.

“Foi também incendiada no local uma viatura, que pertence a um indivíduo de etnia cigana, desconhecendo-se, para já, o autor do incêndio”

…Enquanto isso, num outro simpático local também frequentado pelas valiosas comunidades de origem não europeia:

«Duas pessoas ficaram feridas, sábado à noite, em desacatos no parque de campismo do Inatel na Costa de Caparica, Almada, que envolveram tiros e facadas.»

Fonte da GNR revelou à agência Lusa que durante os desacatos no parque de campismo do Inatel que “envolveram moradores de bairros de Lisboa chegou a ocorrer troca de tiros e facadas”.

Os dois feridos foram transportados para o Hospital Garcia de Horta, em Almada.

A GNR identicou sete pessoas, uma delas está ilegal no país há vários anos.

Fonte: RTP