com M grande!

by RNPD

Maud de Belleroche foi a mulher que inspirou a personagem de “Mademoiselle de Chamarande”, do romance “Norte”, um dos três escritos por Céline quando estava no exílio, após o fim da segunda guerra mundial. Com 86 anos, a Baronesa Maud de Belleroche foi entrevistada pela France Info e falou de fidelidade, de convicções e dos tempos que passou exilada em Baden-Baden com alguns dos escritores proibidos da França, como Céline ou Rebatet.

Maud não renega nada e não lamenta nada!

«Censuraram-me de ter continuado a escrever e a dizer que tinha sido fascista, que havia amado a vontade de potência nietzschiana, que me sentia nietzschiana e que não renegaria nunca os meus 20 anos…»

«Mantenho o mesmo estado de espírito… e essas pessoas que foram minhas amigas não tiveram sempre um destino formidável, muitas foram fuziladas…não sou de todo alguém que atraiçoe, nem os amigos, nem as ideias.»