A CIA financiou a divulgação da arte abstracta

by RNPD

(o quadro sobre o qual escrevemos a pertinente pergunta é do “artista” Robert Motherwell, intitulado “two figures”, de 1958)

Durante anos o expressionismo abstracto foi exclusivamente visto como uma emanação do esquerdismo burguês, a arte da “nova esquerda”, com a sua promoção do disforme, do relativismo estético, contrapondo-se à tensão superadora e transcendente da arte clássica. Muitas vezes, aliás, denunciada como uma das vanguardas culturais de demolição do gosto e dos valores tradicionais das sociedades europeias.

A CIA vem agora admitir que foi a grande promotora da divulgação no Ocidente desse tipo de “arte”. Nelson Rockefeller, que foi um dos grandes financiadores dessa divulgação, considerou mesmo a arte moderna abstracta a expressão cultural da sociedade capitalista livre.

Cada um que retire as suas conclusões, sobre os Estados Unidos, os seus serviços secretos, o seu modelo social capitalista e a pretensa defesa do ocidente que levaram (e levam) a cabo durante as suas guerras…