De Berlim a Nova Iorque

by RNPD

Maravilhoso mundo este surgido no pós-II Guerra Mundial. Derrotado o “eixo do mal” e das ditaduras ganhou-se um Polícia do Mundo que intervém unilateralmente sem precisar de mandado ou escrutínio de qualquer espécie. Deixou de haver ditaduras, em prol das democracias e dos “pluralismos”, mas em nome da “segurança” e do “bem-comum” tornou-se ficção o direito à privacidade e ao resguardo das famílias e respectivos critérios educativos. Deixou de haver pobres e pobreza e em troca ganhou-se endividados e “insolventes”. Deixou de haver “colonizados”, mas ganhámos “ajuda humanitária” por entre capacetes azuis e “bocassas” locais. Deixou de haver religião e passou a haver “ciência” e respectivos desmandos de consumo doméstico.Eis o maravilhoso mundo novo”(que de novo pouco tem e vai é para velho) em todo o seu esplendor.

(Café da Insónia)