Congresso do PC Cubano assume falência do comunismo: That’s all folks, a fantochada acabou!

by RNPD

O Partido Comunista de Cuba (PCC) aprovou o plano de reformas económicas apresentado pelo actual Presidente cubano, Raúl Castro, para reduzir as despesas públicas e fomentar a actividade privada, avança a Lusa.

A aprovação das reformas teve lugar em Havana, durante o VI Congresso do PCC, que se iniciou sábado e se prolonga até amanhã, com a participação de 1.000 delegados.

Os comunistas aprovaram 300 medidas, entre elas a abertura ao sector privado, corte de empregos, redução de subsídios, autogestão empresarial, criação de impostos e descentralização do aparelho estatal.

Para além destas medidas, Raul Castro defende também a limitação de mandatos nos cargos políticos.

O Partido Comunista de Cuba está no poder há 52 anos, primeiro liderado por Fidel Castro e agora pelo irmão Raul.

Fonte