Os palonços da islamização

by RNPD

null(Chá no Deserto;pintura de Renato Casaro)

Há uma certa “extrema-direita” que vive obcecada por uma pretensa islamização da Europa. Já por inúmeras vezes explicámos o erro ideológico e estratégico dessa formulação. A eventual islamização de algumas partes da Europa não é o problema, mas sim uma consequência do problema…o problema é a imigração massiva proveniente de fora da Europa, porque sem essa imigração massiva não há islamização, mas o inverso não é verdade: sem islamização continuará a imigração massiva. Centrar o problema no Islão significa formulá-lo numa vertente cultural, o que implica aceitar (eventualmente até estimular) a imigração cujos valores culturais não são incompatíveis com os das “sociedades ocidentais”.Há milhões de africanos, asiáticos e sul-americanos a entrarem na Europa que não rezam para Meca e até frequentam Igrejas.